RECONCILIAÇÃO


O jornaleiro

por Talis Andrade

Nenhum feito
tem proveito
que não há jeito
para o refeito

O nada é nada
quando se nada
contra a correnteza

Só e só
quando se olha
para o sol
que nos cega

Nua é nua
quando não se tem
a lua

Nua e crua
sem sol
sem lua
sem nada
só e cega
me renegas

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s