OS NÃO LEMBRADOS


de Talis Andrade

 
Não decoro nenhuma poesia
e li mil livros
Não recordo nenhuma paisagem
e andei por mil cidades
Não recordo nenhuma cena de filme
não solfejo nenhuma sofrível melodia
não guardo as feições de nenhum rosto
Dei sumiço as lembranças
apaguei meu próprio rasto
para que não fique nenhum traço
nenhum traço 


Anúncios

Um comentário sobre “OS NÃO LEMBRADOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s