MANIFESTO


Hildegard de Binden, "Sache les voies de Dieu"

A verdadeira poesia nasce livre

            livre da métrica da rima e dos ismos

            Força que arrebata

            contraditória força que en

            leva ao azul claro azul do céu 

            ou nos atira à solidão extrema

            de doloroso profundo abismo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s